10 dicas de presentes para um namoro já maduro

Presentear sua cara metade sempre é complicado, seja no início, ou em namoro já avançado. Você pode pensar que o outro gosta de algo, mas ele realmente não gosta, por tanto deve prestar muita atenção. Para isso elaboramos uma lista com dicas que irão facilitar sua vida na hora de pensar sobre presentes criativos para namorado.

Coisas de fotografias

Pessoas que curtem fotos, ou que sejam fotógrafos devem adorar uma câmera nova, ou um porta retrato digital. Existem canecas no formate de máquinas fotográficas (até mesmo almofadas com essa estampa).

Livros e Filmes

Como você já conhece bem sobre a pessoa, saberá qual o estilo de livro que ela mais gosta, é interessante comprar duas unidades, vocês podem ler juntos e conversar sobre o assunto. Aquele filme que ela ainda não viu, ou então um antigo, também pode ser dado a coleção inteira se o filme possuir mais de uma edição.

Eletrônicos

Com o namoro já consolidado, você poderá dar um presente mais caro, opções de eletrônicos não faltam. Como notebooks, smartphones ou tablets, uma dica boa é utilizar um cupom de desconto ricardo eletro.

Cestas de presentes

Pode ser uma sexta com queijos e vinhos e outros produtos coloniais, ou então uma sexta cheia de doces e chocolates, principalmente, as mulheres adoram.

Roupas

É um presente fácil de acertar, já que você conhece bem o estilo da outra pessoa. Homens adoram receber camisas de clubes de futebol ou alguma roupa social. Já as mulheres gostam de ganhar vestidos.

Jantar a luz de velas

Pode ser considerado ultrapassado, mas sempre agrada. Deve ser feito de surpresa, se o casal mora junto, prepare tudo, e quando seu amor chegar, verá uma grande surpresa.

Acessórios femininos

Mulheres adoram trocar de bolsas, então aqui está uma boa opção para você não errar, também pode ser uma carteira nova. Elas também adoram receber joias, um presente que pode ser considerado como uma relação forte.

Viagem

Você pode planejar uma viagem surpresa sem avisar nada para outra pessoa. Aproveite algum feriadão, e leve a outra pessoa a algum lugar que ela queira conhecer, ou que conheça mas tenha saudades.

Presentes tradicionais

Homens podem presentear suas namoradas com caixas de bombons, mas que sejam de qualidade. Com um belo buque de flores, você pode variar, e não ficar só nas clássicas rosas. Ou então comprar um sapato, que ela esteja de olho há muito tempo.

Faça você mesmo

Aqui existem diversas opções, pode ser um livro personalizado com frases picantes, um pen drive com as músicas favoritas da pessoa ou um vídeo para postar nas redes sociais. Seja criativo.

Como consultar cpf grátis pela internet?

Infelizmente é cada vez mais comum vermos noticias sobre como a quantidade de pessoas em situação de inadimplência aumenta em nosso país. Os tempos estão difíceis, e agora, mais do que nunca, precisamos de organização e paciência para lidarmos com nosso dinheiro e principalmente nos prepararmos para situações inesperadas que as vezes podem nos atrapalhar e fazer com que nosso nome passe a fazer parte dessa estatística.

Caso você tenha passado por isso, e agora precisa conferir se seu nome continua negativado, temos três principais maneiras de consultar o CPF grátis online, uma pelo site do Serasa, o Serviço de Proteção ao Crédito, conhecido como SPC e o Serviço Central de Proteção ao Crédito, o SCPC.

Consultar CPF grátis pela internet: quais são as opções?

O Serviço de Proteção ao Credito, SCPC, é o cadastro mais antigo do país, existe a mais de 60 anos e possui informações de mais de 200 milhões de CPFs disponíveis para consulta.  Pouco mais do que o Serasa, que possui 185 milhões de cadastros de CPF para serem consultados, e pouco atrás fica o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) com 180 milhões de registros.

Sendo assim o recomendado  é que a pessoa que deseja consultar se seu nome esta negativado ou não, consulte a situação de seu CPF nos três registros (Serasa, SPC e SCPC). Essa consulta é um direito do cidadão, porém, não é obrigatório que seja disponibilizada online.

O SCPC é a única dessas três bases que permite a consulta online e gratuita. Para realizá-la é bastante simples, basta acessar o site (http://www.consumidorpositivo.com.br/) e buscar pelo link de “consulta CPF grátis” localizado no topo da pagina. Caso seu nome esteja sujo, no próprio site é possível visualizar os detalhas da divida, quanto ao valor e para qual instituição consta o atraso do pagamento.

O Serasa apenas permite a consulta de CPF gratuita se for feita presencialmente em uma de suas agencias.  Infelizmente, a consulta online na base do Serasa, é bastante restrita caso você procure fazê-la de maneira gratuita, pois ela conta apenas com o cadastro de 90 empresas que fazem parte do programa Limpa Nome Online, caso sua divida não seja com uma dessas empresas, nesse caso, você não terá acesso. Para que a consulta seja feita online, de maneira mais abrangente, é necessário que seja pago um valor entre R$10,00 e R$19,90.

O SPC também apenas oferece uma consulta completa de maneira gratuita se essa for feita presencialmente em uma de suas agencias, você só precisa ter em mãos o seu CPF e um documento com foto para ter acesso aos detalhes da sua divida. A consulta pelo site também pode ser realizada, e é paga, o valor pode variar entre R$6,00 e R$9,90.

Outra opção, que é muito mais restrita, mas ainda possível, é a consulta direta pelo cadastro da receita federal, que oferece, mediante o número do CPF, a informação se este está regular ou não.

Prazos para a normalização do CPF

Caso você desconfie que seu nome esteja negativado, vale lembrar a importância de realizar a consulta para que assim, você possa tomar as devidas providencias. E caso você já tenha quitado sua divida, e quer consultar o CPF para conferir se seu nome foi limpo, lembre-se que as empresas tem um prazo de até cinco dias para atualizar o cadastro.

Quanto ganha uma revendedora Mary Kay?

A Mary Kay é uma das marcas de cosméticos que mais tem crescido no mercado brasileiro. Embora estejamos familiarizados com outras marcas, algumas que conhecemos desde crianças, e por serem mais acessíveis, a Mary Kay vem conquistando o seu lugar na preferência dos consumidores, pois os produtos oferecidos são de qualidade superior, que compensam o investimento.

Por isso a Mary Kay tem se tornado cada vez mais a escolha de mulheres (e homens) que procuram uma maneira de complementar a renda. Seja para ajudar nas contas do dia a dia, ou talvez, para ajudar na consolidação de um sonho, uma viagem, os estudos.

Vamos entender o processo necessário para se tornar uma revendedora Mary Kay e quanto você ganhará mensalmente.

Como se tornar uma vendedora Mary Kay?

O primeiro passo de tudo é encontrar uma revendedora Mary Kay que queira ser uma espécie de “fada madrinha”, pois é ela que vai te ajudar no começo. Ensinando como fazer o cadastro no site, auxiliando na escolha do seu primeiro kit de beleza e dando dicas de como vender melhor.

A Mary Kay presa por uma boa relação e interação com suas revendedoras, sempre oferecendo ferramentas que as ajudem a vender seus produtos da melhor maneira possível. Desde o começo são disponibilizados produtos para uso próprio, e para demonstrações, que são muito comuns entre revendedora Mary Kay; algumas, inclusive, dizem fazer o bruto de sua comissão durante essas demonstrações, que podem acontecer em casas de clientes ou salões de beleza.

Como calcular seus ganhos mensais como vendedora Mary Kay?

Como a maioria das empresas, a Mary Kay trabalha por comissão. Ou seja, o seu lucro depende totalmente de você e do quanto você investir financeiramente, com produtos para as demonstrações, e com o seu tempo.

Por exemplo, assim que você faz o seu cadastro no site, você primeiro deve escolher o kit de beleza desejado, você paga por ele. Ou seja, em um primeiro momento, você precisa fazer um investimento, alguns kits podem ser pagos parcelados, o kit de demonstração para limpeza de pele, sai por duas vezes de 250,00 reais. Tendo ele em mãos, chegou a hora de investir o seu tempo, a melhor coisa a se fazer agora é convocar as amigas, e oferecer demonstrações do produto na casa delas, e caso você tenha a facilidade, oferecer esse serviço em salões de beleza também. Ou em qualquer lugar que você consiga a atenção do seu publico interessado em compra de cosméticos. Com isso você aumenta as suas chances de lucros, e logo o valor que você investiu no começo se paga sozinho.

Sua comissão varia entre 25 e 40 por cento, isso por meio da venda de produtos. Sem contar nos prêmios oferecidos pela Mary Kay, prêmios que podem ser recebidos desde o começo da sua carreira, como bolsas, e outros produtos, até prêmios maiores como viagens e jantares. E a empresa também conta com um plano de carreira muito bom, que depende apenas das suas vendas e da quantidade de amigas que você convida para trabalhar na Mary Kay também.

Queda de Cabelo Feminino. Saiba tudo sobre.

fergiehairlossa.jpgÉ natural uma perda capilar entre 50 e 70 fios diários. Para as mulheres esse número aumenta para até 100 fios. Como dito também, essa perda ocorre normalmente quando se lava e/ou penteia o cabelo, além de durante o sono, devido ao movimento da cabeça com o travesseiro.

E ao contrário do que se pensa, de acordo com o chefe do setor de dermatologia no Hospital dos Servidores do Estado, o médico Marcio Rutowitsch, por volta de 30% das mulheres com 50 anos ou mais têm algum tipo e grau de calvície. É necessária constante atenção à queda de cabelo feminina, porque ao contrário da masculina, geralmente não causa calvície completa com perda total dos fios.

Causas da queda de cabelo feminino

No geral, as causas para a queda de cabelo são variadas podendo ser fatores genéticos, hormonais, emocionais, doenças auto imunes, alisamento etc. No entanto, para as mulheres, os mais comuns são outros.

Mudanças hormonais – no entanto, para elas, causadas pela menstruação, menopausa, gravidez etc -; doenças como a anemia, hipotireoidismo e hipertireoidismo; estresse; também os fatores genéticos etc são os mais comuns. Outros que podem ser citados são inflamações no couro cabeludo, a exposição em excesso ao sol ou causas externas (até mesmo uso de Ombre Hair). Essas últimas têm como grandes agentes a poluição ou a fumaça de cigarros, ambas sendo de caráter cumulativo.

Felizmente, para os distúrbios endócrinos citados e estresse, o problema se resolve de forma rápida. Normalmente, as doenças são sanadas naturalmente ou com uma correção que pode demorar até seis meses.

Tipos de queda de cabelo nas mulheres

Comumente os fios femininos ficam mais finos a partir dos 30 anos, mas  outras formas de perda de cabelo feminino também podem acontecer. São elas:

  • Queda de cabelo difusa

Esse é o tipo mais comum de queda de cabelo feminina. É característico por ter uma interrupção do ciclo de crescimento capilar afetando todo o couro cabeludo. Isso acontece porque a raiz do cabelo não está fazendo a sua função natural devido à falta de diversos elementos fundamentais aos processos metabólicos. A raiz acaba diminuindo e a fase de crescimento vai sendo reduzida até ser interrompida.

É uma ação por reação, mas seus efeitos são geralmente imperceptíveis durante muitos meses. São alguns deles: um desequilíbrio entre o cabelo em crescimento e o em queda; a entrada na fase de repouso muito anterior ao tempo normal, antecipando também a queda; diminuição da formação de células devido a baixa atividade metabólica; queda de fios maior do que os que os previstos para crescimento etc.

  • Alopécia Androgênica (Calvície Hereditária)

Essa atinge 20% das mulheres segundo a Academia Americana de Dermatologia, nos Estados Unidos. Os homens muita das vezes começam a perder cabelo muito cedo, já na juventude, o que ocorre diferentemente para o sexo oposto. Com as mulheres a queda hereditária normalmente ocorre exclusivamente após a menopausa.

Nesse tipo de calvície, fios da linha da testa continuam intactos e a mulher não tem nenhuma entrada, o que é um fato comum entre os homens. No entanto, o cabelo no alto e na parte de trás da cabeça vai ficando cada vez mais ralo.

A grande quantidade de hormônios masculinos, como testosterona, – geralmente em alta taxa por causa de problemas nas glândulas suprarrenal e hipófise ou no ovário – é um dos fatores que podem contribuir para o agravamento da queda de cabelo feminina hereditária. Isso porque as raízes do cabelo feminino tem grande sensibilidade ao hormônio dihidrotestosterona, ou DHT, fazendo com que elas diminuam ou simplesmente parem de crescer.

  • Eflúvio Telógeno

Esse tipo de queda de cabelo feminino é característico por ter uma diminuição do número de fios na cabeça inteira. Podendo ser aguda ou crônica, normalmente é causada por anemias – essas, por sua vez, devido à deficiências nutricionais ou menstruações intensas -, dengue, febres altas, pós parto, dietas radicais etc.

  • Alopécia Areata

Nesse tipo de queda os fios caem num formato circular produzindo áreas isoladas de calvície, além de delimitadas.

Como tratar a queda de cabelo feminino?

Para poder controlar a calvície, o melhor é sempre procurar um médico o mais rápido possível, sendo a possibilidade de melhora feita com cirurgia ou medicamentos.

Como todos sabemos, cada pessoa reage de forma diferente aos medicamentos devido às suas características pessoais e clínicas. Portanto, a medicação é diferente para cada um, mas o comum é que seja algo de longo prazo durando de 6 a 8 meses.

Outro fato é que os tratamentos usados contra a calvície masculina não se aplicam às mulheres, visto que os seus métodos agem diretamente nos hormônios. Como dito anteriormente, tudo depende do da paciente, mas para dermatologistas geralmente recomenda-se medicamentos por via tópica ou oral que ajam contra a ação dos hormônios masculinos.

Para o tipo mais comum de queda de cabelo feminina, a difusa, o tratamento tem altas chances de dar bons resultados. A terapia funciona com o objetivo de reativar o metabolismo capilar formando assim novas células, aptas a funcionar perfeitamente, na raiz. Obviamente, o ponto de partida do processo também deve sempre ser identificado e se possível tratado. A partir daí, o cabelo volta à sua fase de crescimento. Um suplemento utilizado recentemente é o de fortificação de cabelos e unhas, o Nova Repair.

Nesse caso, o tratamento é geralmente feito com o Pantogar. Explicado melhor nos artigo que fala sobre os remédios, sua combinação altamente concentrada exclusivamente por substâncias ativas, acaba por reativar o funcionamento natural da raiz capilar. Sendo assim, corrige o ciclo de crescimento que anteriormente tinha sido interrompido. O remédio além de estimular o crescimento de um cabelo saudável e novo, acaba com a queda.

Quanto ao tipo de queda de cabelo feminino hereditária, também pode ser tratada com medicamentos fora do comum que podem ser aplicados diretamente na área afetada. (Como Follixin) Ainda não se conhece como funciona o modo de ação desses tipos de preparados, mas acredita-se que os bons efeitos devem ser atribuídos à dilatação dos vasos sanguíneos.

Os dermatologistas também geralmente recomendam Pantogar como produto para a terapia combinada com a queda hereditária. Isso deve-se ao fato de que o altamente concentrado complexo de substâncias ativas fortifica e ajuda o funcionamento natural da raiz capilar.

Shampoos para Queda de Cabelo

Se o cabelo de uma pessoa tiver uma queda com uma quantidade de 50 a 70 fios por dias, ela é considerada normal pelos dermatologistas. No entanto, se ela passar de 200 fios, o problema começa a aparecer.

Com essa perda, o cabelo fica mais frágil (com uso de Ombré Hair inclusive), fino e curto além de perder a sua cor original. Geralmente é nesse estado que inicia a calvície. Além disso, ainda existem épocas em que o cabelo apresenta maior frequência na queda. Começam a aparecer pontas duplas, os fios ficam mais debilitados, quebradiços etc.

Isso pode acontecer por diversas causas. Fatores genéticos, doenças, problemas de estresse, déficit vitamínico etc. Um bom método para trazer de volta a força aos fios é fazendo um tratamento adequado, sendo um dos melhores deles o uso de um shampoo anti-queda.

Caseiro, ou comprado nas farmácias, aqui falaremos um pouco sobre eles (um produto que vem sendo muito falado é o Follixin). Mas antes de tudo, vale ressaltar que a consulta com o dermatologista é muito útil para saber qual produto será o ideal para o seu cabelo.

Shampoo Caseiro para Queda de Cabelo

Fazer um shampoo anti queda, não exige muito esforço. São necessários apenas alguns elementos onde o modo de preparo é muito fácil.

Os ingredientes são:

Shampoo Natural com pH Neutro

Oléo Essencial de Limão

Duas Cápsulas de Vitamina E

Oléo Essencial de Alecrim

O shampoo natural é a base para a mistura com os outros ingredientes. Um bom exemplo deles são os para bebês por serem os mais naturais encontráveis a venda, sendo necessária apenas uma garrafa pequena.

O óleo essencial de alecrim tem a função de reativar a circulação sanguínea tendo como resultado mais força aos fios. Já o óleo essencial de limão é um grande anticéptico e dará aquele tom refrescante no resultado.

As cápsulas de Vitamina E dão o toque final. Sendo essenciais para o combate a queda do cabelo – visto que essa vitamina é um dos mais importantes nutrientes capilares -, elas podem ser encontradas em lojas que vendam produtos naturais ou em farmácias.

Para o modo de preparo, deve-se adicionar dez gotas de cada óleo essencial – além das cápsulas de Vitamina E – ao shampoo neutro. Feito isso, basta agitar bem a garrafa e o shampoo está pronto.

Melhores Shampoos para Queda de Cabelo

Caso queira procurar por um shampoo já fabricado, as farmácias dispõem de um acervo enorme, bastando procurar qual é o produto adequado para a finalidade desejada. Podendo-se encontrar shampoos no valor de 8 a 100 reais, eles previnem a queda e combatem o envelhecimento dos folículos.

Fizemos uma lista com alguns dos mais baratos e que garantem um bom resultado.

Shampoo de Jaborandi  (Vitalb). Com o preço médio de R$9,00

Shampoo antiqueda (Ox Plant). Com preço médio de R$15,00

Shampoo proteção contra queda (Head e Shoulders). Com preço médio de R$18,00

Shampoo antiqueda Força e Vitalidade (Ecologie). Com preço médio de R$30,00

O importante de ambos os shampoos – tanto o caseiro quanto o comprado -, é usá-los com frequência. No mínimo dia sim, dia não. Deve-se aplicá-los no cabelo úmido fazendo uma massagem durante dez minutos, pelo menos. Feito isso, deixe o produto agir por mais dez minutos e lave-o com água fria ou morna.