O que é e como surgiu a Black Friday?

O termo Black Friday, significa “Sexta-Feira Negra”, em tradução literal. Essa é uma data que teve origem nos Estados Unidos e é utilizada para uma ação de vendas, onde vários produtos de diversas lojas são vendidos com grandes descontos.

black-friday

Essa data acontece na 4ª sexta-feira de novembro, um dia após o feriado de Ação de Graças. É uma data muito esperada tanto pelos consumidores tanto pelos lojistas. Em alguns lugares, os cupons de descontos podem chegar a até 90% do valor original.

As lojas abrem mais cedo, longas filas são formadas por pessoas que querem garantir a compra do produto que desejam. Em algumas lojas, os consumidores precisam chegar durante a madrugada anterior para assegurar que irão entrar na loja antes que os produtos se esgotem.

Origem da Black Friday

Existem várias versões da origem da Black Friday, mas a principal versão conta que esse termo teve origem na década de 1960 pelos policias da Filadélfia. Eles se referiam ao dia após o feriado de Ação de Graça como Black Friday porque neste dia o número de carros e de pessoas na rua aumentava consideravelmente. Então esse termo começou a ser utilizado por eles para definir esse dia caótico no qual a maioria não conseguia tirar o dia de folga.

Ao contrário dos policiais, os lojistas adoravam esse movimento intenso porque isso resultava em um aumento nas vendas dos produtos. E essa data também marcava o início das compras para o Natal.

O termo Black Friday também foi utilizado na crise financeira que ocorreu em 1989 nos Estados Unidos e no início dos anos 80 pelos varejistas. Nesta época, esse termo era utilizado para representar valores positivos de venda, que aconteciam na segunda metade do ano.

Mas só começaram a usar realmente o termo Black Friday em 2000 e desde então esta data marca um dos dias mais movimentados e de maior faturamento para os varejistas.

Black Friday no Brasil

Muitos países estão copiando o modelo da Black Friday, entre eles o Brasil. A primeira ocorreu em 2010 e foi exclusivamente online. A data permaneceu a mesma dos Estados Unidos, mas o que não ficou parecido foram os descontos dados pelas lojas brasileiras. Muitas pessoas reclamaram que os descontos dados aqui foram inferiores aos descontos dados nas lojas americanas. Veja também: cupom de desconto trocafone.

Outra reclamação é que aqui no Brasil alguns lojistas tentaram enganar o consumidor. Alguns dias antes da Black Friday eles aumentavam o preço dos produtos, para que no dia esses produtos voltassem ao preço normal. Muitas pessoas nomearam essa prática de “Black Fraude”, onde o consumidor, sem saber, acaba pagando a “metade do dobro”.

Nas últimas datas da Black Friday foram lançados sites e aplicativos que monitoram o preço de um produto durante um período. Com isso, o consumidor sabe que não está sendo enganado e pode aproveitar a data com mais tranquilidade.

Os produtos mais desejados na Black Friday são os eletrônicos, como smartphones, notebooks, câmeras fotográficas e TVs. Apesar dos descontos serem inferiores aos dos Estados Unidos, ainda assim vale a pena aproveitar essa data para comprar esses produtos.

Comments are closed.